O Que Eu Penso D… O Caçador de Sonhos

Ficha Técnica:
Título Original – The Dream-Hunter
Título – O Caçador de Sonhos (Predadores da Noite nº10)
Autora – Sherrilyn Kenyon
Editora – Saída de Emergência
Edição – Abril 2012
ISBN – 9789897100307
 
Sinopse:
Condenado pelos deuses a viver para toda a eternidade sem emoções, Arikos apenas consegue sentir através dos sonhos dos outros. Durante milhares de anos vagueou pelo inconsciente humano em busca de sensações. Agora encontrou finalmente uma sonhadora cuja mente vívida é capaz de preencher o seu próprio vazio.

Megeara Kafieri testemunhou a ruína do pai na sua demanda para provar a existência de Atlântida. A promessa da filha, no leito de morte do pai, de resgatar a reputação dele, trouxe-a até à Grécia, onde a jovem tenciona provar que a mítica ilha está no local identificado pelo pai. Em vez disso, Megeara encontra um estranho a flutuar no mar – um estranho cujo rosto reconhece de muitos dos seus sonhos. O que Megeara desconhece é que Arik esconde mais segredos do que aqueles de que ela precisa para encontrar a Atlântida. Arik fez um pacto com Hades: em troca de duas semanas como mortal, ele terá de regressar ao Olimpo com uma alma mortal… a de Megeara.

Opinião:
O sentido de humor de Sherrilyn Kenyon de facto é único. Em O Caçador de Sonhos não nos podemos deixar de rir na cena de Hades e Persefone! Desculpem a expressão mas: Oh My God! O que eu me ri. Não vou adiantar mais porque esta cena é quase final, mas que foi muito boa foi. Digo desde já que a autora é perigosa, porque tanto pode apresentar uma personagem mitica em todo o seu esplendor como pode satirizá-la e torná-la amorosa quando tudo o que ouvimos dela foram sérias e de respeito.
Passando agora para o inicio e recomeçando, aqui está mais uma “raça” de predador. Desta vez temos o Predador, quer dizer Caçador, de Sonhos que se vem juntar ao rol da Noite e de Humanos. Arik, cujo nome estava sempre a ler trocado como Akri o que acabou por me baralhar várias vezes, acabou por ser uma personagem masculina muito boa mas um pouco fraca por ter tantas fraquezas. Sherrilyn ainda tentou fazê-lo muito forte e indestrutível, o que acontece é que eu não encontrei nada disso, pelo contrário, visto que ele começa como um viciado e depois passa a humano sem poderes, ou com muito poucos.
O que salva tudo é mesmo Mageara e a sua familia e equipa, personagens estas que ainda me vão parecer melhor no livro que li a seguir (ver opinião de Acheron – 2ºparte).
A situação da casa destruída e roubada também acabou por ser um ponto negativo porque já é uma cena algo usada nesta saga o que não adianta nada de novo.
De qualquer forma, este livro, tal como todos os anteriores, vai vos emocionar, fazer rir, aumentar a cultura geral e principalmente ter sonhos muitos bons durante os dias em que lerem estas páginas.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s