O Que Eu Penso D… Há Sempre Um Amanhã.

Ficha Técnica:
Título Original – Take a Look at Me Now
Título – Há Sempre Um Amanhã
Autora – Anita Notaro
Editora – Quinta Essência
Edição – Abril 2012
ISBN – 9789898228857

Sinopse:

A maior parte das pessoas consegue lembrar-se de um momento decisivo na sua vida. Uma fração de segundo quando o tempo parou e a vida mudou para sempre. Para Lily Ormond, esse momento chegou ao fim de um dia, quando foi abrir a porta e descobriu que, enquanto estava a esmagar alho e alecrim e assistir a telenovelas, a sua irmã gémea Alison se tinha afogado. Foi difícil conciliar-se com a perda da única irmã e melhor amiga, e mais ainda tornar-se mãe de Charlie, o filho de Ali com três anos de idade, mas descobrir que a sua irmã gémea levava uma vida secreta havia anos quase destruiu Lily… E assim começa uma viagem relacionada com quatro homens que tinham feito parte de uma vida que ela nem sabia existir. Uma viagem que obriga Lily a reconciliar-se com a memória do pai que nunca se importou realmente com ela, com uma criança que precisa muito de si e com uma irmã que não era o que parecia.

Opinião:

Tinham-me avisado, mas quando é que ouvimos o que nos dizem?
Anita Notaro arrebata-nos logo no primeiro capítulo. Este, com um inicio suave e desconfiado, acaba por nos levar às lágrimas no fim e são estas que vão estar lá sempre até à ultima página.
Não são tudo só tristezas. Há amor, há segredos, há tragédias e muita, muita traição e mentira, mas o que mais caracteriza este livro é mesmo o nível elevado de emoções fortes, não só pelas paixões mas também pelas escolhas de cada personagem.
Não gostei de Dave. Não gostei de Richard e muito menos de William. Felizmente todos eles tiveram o seu final mais que merecido.
Penso que nisso Anita conseguiu marcar diferença, nesses finais. Todos são definitivos mas impulsionam a personagem principal, Lily Ormond, para mais uma etapa e descoberta.
Achei a relação dela com Daniel muito subtil. Penso que Anita podia ter “animado” as coisas com este personagem tão interessante.
O enredo assemelhou-se também, e aqui é só um pensamento meu, ao de Jill Mansell. Ok, ok, assim de repente não tem nada a ver, porque enquanto que uma nos leva às lágrimas de tanto rir outra leva-nos pelas razoes contrárias. Mas passo a explicar: tal como Jill, Anita enlaça bastantes histórias paralelas e envolve tantos homens na vida da personagem principal.
Como habitual encontrei algumas trocas de nomes das personagens. É sempre chato termos que voltar atrás e quebrarmos o ritmo de leitura pelos erros de edição, mas pronto.
Em relação ao titulo, prefiro o original Take a look at me now, traduz bastante bem as transformações de Lily e até dos outros personagens, tanto masculinos como femininos.
A capa está belíssima e adoro o pormenor na capa de trás!
De resto, Anita Notaro passou a ser mais uma autora a ter em atenção. Recomendo sem duvida.
Anúncios

2 pensamentos sobre “O Que Eu Penso D… Há Sempre Um Amanhã.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s