O Que Eu Penso D… Uma Noite de Amor

Ficha Técnica:
Título Original – One Night For Love
Título – Uma Noite de Amor
Autora – Mary Balogh
Editora – ASA
Edição – Fevereiro 2012
ISBN – 9789892312354

Sinopse:

Numa manhã perfeita de Maio… Neville Wyatt, conde de Kilbourne, aguarda a sua noiva no altar. Mas, para espanto geral, em vez da bela jovem que todos conhecem aparece uma mendiga andrajosa. Perante a nata da aristocracia, o perplexo conde olha para ela e declara que é Lily, a sua mulher! Ao olhar para aquela que em tempos desposou, que amou e perdeu nos campos de batalha de Portugal, ele compromete-se a honrar o seu compromisso… apesar do abismo que agora os separa. Até que Lily fala com franqueza… E afirma querer começar de novo… e que Neville a ame verdadeiramente. Para isso, sabe que terá de estar à altura das expectativas dele, o que a leva a aceitar ser dama de companhia da sua tia e aprender as boas maneiras. A determinada Lily rapidamente conquista a admiração da alta sociedade, demonstrando ser uma condessa à altura do seu conde. Por seu lado, Neville está disposto a tudo para provar à sua formidável mulher que o que sentiu por ela no campo de batalha foi muito mais que desejo, muito mais do que o arrebatamento de… Uma noite de amor.

Opinião:
Com uma história diferente, Mary Balogh presenteia-nos com este romance cheio de sentimentos confusos e opostos.
Temos os sentimentos de Neville para com Lily, pela sua simplicidade e natureza nada ortodoxa. Temos a rebeldia e humildade de Lily que quase sacrifica o seu futuro e amor por Neville por causa dessa humildade excessiva.
Temos também a noiva rejeitada que acaba por contribuir para um fim mais aceitável. Digo isto porque a relação entre Neville e Lily no Passado acaba por ser muito mais interessante do que a do presente, e, por isso, achei que todo o desenvolver da história quando Lily volta e depois parte outra vez e depois volta, acaba por transformar tudo tão forçado e sem aquele ambiente romântico que fez com que me desinteressasse na historia principal e o fizesse com as histórias secundárias. O “vai e volta” de Lily acaba também por quebrar toda a empatia que tenhamos com ela quando era mais nova. Mais para o fim, quando ela afinal decide que quer aprender as regras da sociedade longe de Neville diz-me que afinal ela não sabe o que quer e que o seu amor por Neville não é assim tão grande.
Em contrapartida, gostei bastante da irmã de Neville, que vai contribui para o desenvolvimento de várias personagens, já para não referir a história no seu geral.
Achei portante que esta obra é demasiado dramática e que este aspecto acaba por “apagar” o romance diminuindo o valor das personagens e de tudo o que desencadeou todas as peripécias do Presente.
Anúncios

2 pensamentos sobre “O Que Eu Penso D… Uma Noite de Amor

  1. Gosto desse livro exatamente pela carga dramática…. ela não tinha muita experiência e achou que porque Neville ia se casar de novo, ela não tinha mais lugar na vida dele e achou que o que ele fazia era por honra, confesso que nas primeiras páginas achei que Neville não gostava dela…. acho que é quase impossível o drama não prevalecer… os dois quase morreram, Lily foi abusada, Neville sentiu que traía a família, que traía Lily, que traía Lauren, Lily descobriu enfim como a vida de Neville era e depois descobriu que não estava casada e não quis permitir que ele fizesse o que era certo só porque era certo, todo mundo a rejeitava como esposa de Neville e então ela tomou a decisão de deixá-lo livre… acho lindo o fato de que ele a amava tanto que pra ele, ela jamais precisaria mudar e estava decidido a provar pro mundo que ela era a mulher da sua vida, e ela o amava tanto que decidiu mudar apenas pra caber no mundo dele, o amor dos dois era incondicional, mas era um amor errado para a época, casais desse tipo eram condenados ao ostracismo, ou enfrentavam dificuldades gigantescas…. o amor que ele tem por ela é muito lindo, me derreto todaaaa ♥… e a Mary Balogh tem costume de fazer mocinhas teimosas, elas são assim em quase todos os livros….hehehehehe e acredito que a história paralela que ela teve, tanto de ser perseguida por um assassino como descobrir sua verdadeira família foram adicionais maravilhosos pra fechar com chave de ouro…por fim ela era uma Lady, filha de um Duque #chorarecalque…. é o meu livro favorito da autora.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s