O Que Eu Penso D… Sedução Perfeita/Um Marido Perfeito

Sinopse Sedução Perfeita:
A saga de uma família prestigiosa onde os homens são adorados pelas mulheres e invejados pelos homens…
Luke Crighton era um homem desejado pelas mulheres, admirado pelos homens e assediado por uma jovem extremamente decidida: Bobbie Miller. Mas a família Crighton tinha causado grande sofrimento à mãe de Bobbie e ela queria vingança. Tudo o que tinha de fazer era seduzir Luke e revelar-lhe os segredos da família Crighton, mas o tiro saiu-lhe pela culatra… porque quando Bobbie conseguiu captar a atenção de Luke, já não quis deixá-lo partir…
Sinopse Um Marido Perfeito:
Saul Crighton era o sonho de todas as mulheres: chefe de uma importante empresa, pai dedicado de três filhos e o homem mais sexy do mundo… O marido perfeito! Tullah não podia negar que Saul lhe conquistara o coração. Via-se atormentada por fantasias eróticas, mas estava decidida a resistir aos planos de união que a sua família desejava. Saul era o seu chefe e ela não tinha interesse nenhum em converter-se nem em sua esposa, nem em sua amante… Até que ele deixou bem claro que não procurava nada disso.
 
Opinião:
Estava à espera de uma saga um pouco mais erudita, mas encontrei duas histórias modernas e actuais. Tanto uma como outra penso que se enquadram no meio da saga, mas pelo que vi no site da editora, esta não publicou os números anteriores. De qualquer forma, podemos ler à vontade, mas ficamos sempre com aquela sensação de falha, visto que a autora fala muito do casal Olivia e Caspar e do seu passado romantico.
Em Sedução Perfeita achei Luke bastante injusto, porque julga demasiado Bobbie, mas Penny Jordan falhou um pouco também a transmitir a bondade desta personagem, resultando em algo um pouco desinteressante e numa vitima das circunstancias, pressionada pela irma e julgada por Luke. Apesar disso, gostei da atracção entre eles, apesar de não ter havido sedução nenhuma – como indica o titulo! Gostei de Luke não resistir, mesmo quando desconfia e pensa tão mal de Bobbie. Mas não gostei desta, estando a ser tratada tão injustamente também não resistir!
Em Um Marido Perfeito acontece algo semelhante, mas aqui é a personagem feminina que é injusta e que maltrata o lado masculino. Achei as reacções dela e criticas muito exageradas e ele nem responde, nem reage nem nada. Só pensa coisas românticas…
Por outro lado, achei a filha mais nova dele bastante querida e cativante, tal como a sua ligação com Tullah.
Concluindo, são duas histórias que se leem bem, visto que tudo acontece moderadamente rápido. A escrita de Penny é bastante fluida e as cenas de amor são suaves e sem exageros, como acontece noutros casos. São dois romances para relaxar e sonhar um pouco.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s