O Que Eu Penso D… Lições de Sedução

Sinopse:
Uma verdadeira senhora não deveria aceitar lições de uma cortesã – ou deveria? A recente esposa do duque de Rolthven, Brianna Northfield, é distinta, recatada e educada – tudo o que uma jovem noiva deve ser. E que diria a sociedade se a visse com um exemplar de Os Conselhos de Lady Rothburg – um livro de lições de uma cortesã sobre comportamentos de boudoir? O muito respeitável duque, seu marido, não aprovaria, mas encontra-se demasiado ocupado com as suas obrigações ducais para prestar muita atenção à sua jovem esposa. Embora, se Brianna conseguir o que quer, isso esteja prestes a mudar… Quando a sua jovem, bonita e inocente esposa se torna, de súbito, entendida na arte do amor, Colton Northfield é apanhado de surpresa. Se antes a deixava por conta própria agora quer a sua companhia na ópera, na carruagem, e até durante o chá na sua propriedade da província, mas não pode deixar de ficar alarmado com os poderes sedutores. Onde terá ela aprendido tais expedientes? No entanto, a campanha escandalosa de Brianna está a desenvolver-se de formas que ela nunca poderia ter imaginado… Seguir os conselhos de uma cortesã pode ter graves consequências, mas valerá a pena se conseguir o seu desejo mais secreto: conquistar o amor do marido.

Opinião:
Lições de Sedução é uma obra para românticas e para aquelas que desejam entrar numa máquina do tempo e visitar o final do século XIX, como eu. Muito ao género dos livros de Madeline Hunter que gosto tanto, este livro deliciou-me com as suas personagens, bailes e regras de etiqueta.
Gostei bastante da ideia do livro com ideias e conselhos a cerca de como seduzir e compreender o sexo oposto, livro este que nos é apresentado com pequenos excertos. Estes dão um toque diferente e completo a cada capítulo, apresentando assim um pouco desse livro ao leitor.
Esta obra vai também ser um elemento importante para todo o desenlace da história, tanto no bom como no mau. Além disso, abrange também mais que um casal. Confesso que esta “influência” torna tudo mais engraçado, mas também mais dramático, contribuindo para muitos sorrisos cúmplices mas também muita revolta para com o raciocínio masculino, que pelos vistos não mudou ao longo dos séculos.
O único defeito literário que tenho a apontar, e não é assim nada de especial, é a tendência da autora para repetir certos termos ou adjectivos.
De resto, tanto a escrita, como as personagens, como os cenários, como os acontecimentos mais marcantes estão todos muito bem conseguidos, fazendo-nos devorar os livros em poucos dias.
Vou, com toda a certeza, acompanhar a bibliografia desta escritora.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s